... MAS NENHUMA COMO A MINHA: A CANTINA DA MÓNICA!
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
18
20
22
23
24
25
27
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Posts mais comentados
16
Mar
12

Quaisquer tipo de papinhas são excelentes, dado não precisarem de ser trincadas. Assim, vou começar com uma receita de açorda de gambas, à minha maneira. Tenho um handicap, no que a cozinhar concerne. E é precisamente fazer tudo a olho. Se me perguntarem porções, dificilmente consigo precisá-las. é muito à base de fazer e ir provando.

 

Para que esta açorda fique mesmo mesmo saborosa, há que começar a prepará-la na véspera. É um bocadinho trabalhoso, mas quem corre por gosto não cansa. Comprar gambas de qualidade é essencial, no entanto, dado que estamos em crise, uma batotazita não cai mal (comprar apenas miolo de camarão e creme de marisco em pó, de preparação fácil).

 

Creme de Marisco - Ingredientes

Gambas

Sal e azeite qb

Cebola, alho e malagueta a gosto 

Tomates e 1 ou 2 colheres de polpa de tomate

Água, farinha qb

 

Cozer as gambas em água com um pouco de sal até levantarem fervura. Escoar e passar por água fria. Descascar as gambas, reservando-as juntamente com as cascas e cabeças, tendo atenção em guardar 4 com cabeça e cauda. Refogar num tacho cebola, alhos e tomates finamente picados com azeite. Adicionar a polpa e as cascas e cabeças das gambas e a malagueta (se usar uma fresca, retirar as sementes para evitar ficar demasiado picante, caso assim o entender). Deixar ganhar um pouco de cor e ir juntando aos poucos a farinha e depois regar com água até cobrir.  Deixar ferver cerca de 20 min. Triturar e coar num passador que tenha rede fina (eu uso o coador chinês).

 

As minhas dicas:

Utilizar o creme de marisco para amolecer o pão, permitindo-o ganhar já sabor a marisco. ;) Assim, cortar o pão duro e verter o creme de marisco, deixando-o ensopar durante a noite. Deve fazer sempre a mais, de maneira a conseguir retirar uma porção e congelar, num saco herméticamente fechado, escrevendo sempre a data em que vai congelar. Assim, numa próxima vez, evita este passo e tem uma açorda à velocidade da luz.

 

 

Açorda de gambas - Ingredientes

Pão alentejano (ou de Mafra) com 1 ou 2 dias demolhado

Gambas cozidas

Alhos picados

Molho de Coentros frescos picados, a gosto

Azeite e sal qb

2 Ovos inteiros

 

Num tacho, refogar os alhos com azeite e coentros finamente picados. Adicionar aos poucos o pão já molecido e envolver bem. Para quem tem aparelho, antes de adicionar as gambas, cortá-las aos bocados pequenos, para não preciso mastigar tanto. Continuar sempre a mexer bem, durante uns 5 a 7 min. Desligar o lume e adicionar os ovos, envolvendo bem, para que cozinhem. Acrescentar os restantes coentros para aromatizar e colocar as gambas com cabeça e cauda. Servir de imediato.

 

Enjoy!! :)

 

sinto-me: Com fome! :)
música: "Supermassive Black Hole", Muse
publicado por Mónica Rodrigues às 21:32
Votos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Contacto
monica.rosalina@sapo.pt
últ. comentários
Parabéns monica, fiquei com água na boca!!!
Muito bem marinada esta ideia. Venham daí receitas...
Tinha de ser Pocoyo!... Até me admira não seres o ...
Ieeeiiii :) Sempre podes dizer, enquanto minha cob...
Obrigada prima! Se experimentares alguma, diz :)Be...
humm, prima Mal posso esperar por ver essas receit...
Mãos a obra, venham dai essas deliciosas receitas;...
Eh pá, onde é que estão as receitas??? Vinha à pro...
blogs SAPO